Rompeu-se. As rachaduras começaram a surgir assim, delicadas, e foram conquistando mais espaço. Até que, sucumbindo às pressões e aos ataques, a Coroa do Desespero partiu-se. Assim, quase silenciosamente. Os Deuses Ancestrais pareciam dispostos a ter mais uma partida, movendo suas peças sem misericórdia. As reais intenções de tais deuses são desconhecidas - e embora muitos não terem ciência de quem é o inimigo verdadeiro, aqueles que o sabem são capazes de temê-lo. Uma vez mais as peças são movidas pelo tabuleiro. Movimentos agora devem ser realizados com o extremo cuidado; a situação no Novo Mundo ruma a uma nova guerra, a uma Santa Inquisição declarada publicamente pela igreja. É tempo de sangue, de terror. O jogo continua, e a espada da injustiça será empunhada.
SWORD OF THE INJUSTICE



 
Add Reply
New Topic
New Poll

 TRAMA, S06
If you have nothing to fear you have nothing to hide


Divindade Zero
ADMINISTRADOR
ATRIBUTOS
FOR: 10
DES: 10
AGI: 10
CONS: 10
PERC: 10
PERS: 10
INT: 10
DET: 10
333
posts
Nível 10
10000 EXP
10000 INFLUÊNCIA
PLAY BY DZ
SWORD OF INJUSTICE
SEASON 6 :: Que os jogos comecem!


Faz algum tempo que não conversamos. Onde eu estava? Você sabe que A Morte tem um trabalho a fazer, não é? As coisas mudaram desde a última vez. A mortalidade dos homens tornou-se mais frágil ao mesmo tempo que contestável. Não aprenderam com os erros do passado e não os julgo. Poder é algo que nunca devia ter sido dado a eles. A nenhum ser deveria ter sido dado a capacidade de alterar a ordem natural da existência. Quando homens sem magia causaram um extermínio em massa, o que dirá daqueles que trazem a destruição do pó?

Quando a Coroa do Desespero partiu-se no chão, era sabido que os deuses ancestrais haviam novamente movido uma de suas infindáveis peças. A mentira orquestrada por Lothe não causara apenas a desordem em Aquilla do Sul, mas os ventos carregaram desse acontecimento a verdade de que eles estavam realmente despertos. Na verdade sempre estiveram desde a vez que Ivy Reinheimer quebrou o lacre da Caixa de Pandora. E as peças do tabuleiro uma vez mais são reorganizadas. A coroa não será mais necessária. Os jogadores desejam agora o poder da espada para continuar. É tempo de derramamento de sangue.

O Novo Mundo conhecido dentre seus quinhentos anos se expande cada vez mais para os novos territórios. Os reinos magi perceberam que sua soberania não era tão absoluta quando Westris, Bairong e a Aliança do Deserto se mostraram detentoras de diferentes formas de poder e influência. A própria ideia de existir apenas um único soberano para aquele mundo não parecia ser a mais racional… Mas ainda assim existe, dentro dos corações mais ambiciosos. O Reino de Ouro busca firmar seu governo e sistema em uma sociedade ainda marcada pelas cicatrizes deixadas pela Era Negra. Theon Wydiarth ainda se encontra desaparecido e o trono parece clamar por um novo imperador.

As terras gélidas do Norte também sofriam seus próprios problemas quando caminhavam em direção aos mistérios que as névoas traziam. O novo rei, Diarmuid Yggdimillenia busca encontrar respostas para os desaparecimentos constantes que vem acontecendo em seu reino. As florestas tornaram-se mais perigosas e os rumores parecem ser frutos de uma terrível verdade que assola Aquilla do Norte.

A Santa Igreja novamente mostra suas garras reais. Como era no princípio, buscam tomar o poder que uma vez possuíram em suas mãos e, mais do que nunca, querem estar novamente com sua autoridade inconstestável sendo aceita. Os Feiticeiros são o alvo de uma caçada santa que não encontra previsão no horizonte para se encerrar - e assim como eles, os Inumanos sofrem com a Santa Inquisição. Profanos e amaldiçoados, aqueles que usurparam a magia e espalharam as criaturas demoníacas pelo mundo são considerados os culpados pelas desgraças, assim como são acusados de criarem os Inumanos. Estes por sua vez são abominações, indesejados e perigosos aos olhos da igreja.

Na Cidade da Tormenta, uma mulher fica ainda mais revoltada. A Rainha planeja. Ainda deseja. A ascenção é uma questão de tempo, e perder a Guerra não passa-lhe pela cabeça.

E com todas as intrigas políticas dentro de cada território, a rivalidade que durava por centenas de anos entre as facções - principalmente dentro da sociedade Altharian - e suas tradições foram postas à prova: a honra de viver por uma facção legitimiza a injustiça dentro da humanidade. E um grupo de mortais está decidido a levantar suas armas em prol da desordem. Preparem-se, o tabuleiro mais uma vez está pronto. E dessa vez a Espada da Injustiça foi levantada.

0 User(s) are reading this topic (0 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:

Topic Options
Add Reply
New Topic
New Poll


 


 

Affiliates [ View All | Link-us ]
LAST TRAIN HOME Win or Die Epifania Tenebris Libertas Like A Stone Instituto Durmstrang Reds and Silvers Pokemon Imperial Dead Memories At All Costs Amber Alert Zonko's RPG 
 

ㅤㅤㅤ

TOP